O PODER DO HÁBITO – Resenha e Dicas Parte 2/3

Quais novos hábitos que você quer ter? Quais hábitos ruins você quer modificar? Você sabe como modificar um habito?

Por que você escova os dentes com creme dental?

No post anterior iniciamos com a questão “Por que fazemos o que fazemos?” e você descobriu que para cerca de 40% das nossas ações diárias nós realizamos pois são hábitos adquiridos.

Por que, por exemplo, todo mundo hoje usa creme dental para escovar os dentes? Até 1900 apenas 7% dos americanos utilizavam pasta de dente, e esta porcentagem foi para 65% em 10 anos, após algumas alterações de formulação e também da estratégia de marketing adotada pela indústria de creme dental.

Uma estratégia de vendas baseada no poder do hábito

Claude C. Hopkins utilizou uma estratégia diferente para alavancar as vendas da Pepsodent, ao invés de dizer que ao usar o creme dental para escovar os dentes isso iria reduzir o numero de cáries, ele passou a usar o argumento de que o uso do creme dental iria deixar os dentes mais brancos e bonitos, e colocaram na formula uma substancia mentolada, que dava a sensação de frescor no hálito.

Com essa estratégia ele alavancou as vendas do creme dental pois criou naquela população o hábito de escovar dentes!

Como os hábitos são formados

Se leu o post anterior já está compreendendo porque este hábito foi formado. Como qualquer outro hábito, a escovação dos seus dentes tem um padrão formado por 3 fases, a deixa ou gatilho, a rotina e a recompensa.

Neste caso, a deixa é sensação ruim após uma refeição por exemplo, é o desejo de ter sorriso mais branco e bonito, a rotina é a tarefa sendo executada (passo a passo de escovação), a recompensa é a sensação de frescor deixada pelo creme dental.

opoderdohabito2

Quais novos hábitos que você quer ter? Quais hábitos ruins você quer modificar?

Como modificar hábitos

Então pegue sua lista de hábitos novos que você fez, escolha um, use este padrão para formar o novo hábito.

Por exemplo, realizar caminhadas, se for o hábito de exercício físico, crie o hábito de ir caminhar antes ou após o trabalho (deixa/gatilho), pense em quanto sua saúde irá se beneficiar, escolha também uma recompensa imediata, que tal comer uma barrinha de cereal coberta com chocolate logo após a caminhada?

Não exagere na recompensa para não se auto sabotar! O importante é que esse anseio irá alimentar sua vontade e irá fazer com que seja mais fácil praticar o novo hábito e inseri-lo na rotina.

Entender o mecanismo do hábito faz com que você alcance suas metas e objetivos!

Outra dica bem prática para alcançar um objetivo, não pense apenas no resultado final que deseja alcançar, se a meta  final é perder 15kg em 6 meses, estipule a meta por exemplo de se exercitar 1 hora, três vezes na semana.

Organize suas ideias para modificar seus hábitos

Recapitulando, você precisa das 3 etapas do ciclo: deixa, rotina e recompensa.

  1. Qual o novo comportamento(hábito) que você deseja ter?
  2. Qual é a deixa ou gatilho para esta rotina?
  3. Qual é a recompensa para esta rotina?

Uma dica que o Duhigg dá no livro é para experimentar recompensas, assim como um químico faz ajustes nas suas formulas até chegar a uma que funcione, você pode realizar experiências alterando as recompensas, e identificando quais os desejos/anseios estão alimentando seus hábitos.

Faça experiencias para te ajudar a mudar o hábito

Por exemplo no 1º dia da sua nova rotina coloque uma recompensa especifica na formula, no dia seguinte troque a recompensa, no outro dia troque por outra, faça isso até identificar qual é a recompensa que lhe dá mais prazer imediato e te motiva mais.

Duhigg deu a dica de anotar pelo menos as 3 primeiras coisas que vêm à sua cabeça logo após colocar em prática o novo hábito e a recompensa em teste. Por exemplo: quais emoções, sensações, reflexões, palavras que vêm a sua cabeça?

Usando o exemplo ainda da caminhada, programe seu celular para despertar 20 minutos após o horário previsto de você terminar de caminhar, use um aplicativo de notas e registre.

Sempre se pergunte se ainda está com o desejo, pois o objetivo da recompensa é satisfazê-lo. Ao final do experimento revise suas anotações e identifique qual é a recompensa que mais o motiva.

Então use esta estrutura para identificar os padrões e bons experimentos para você!

Na parte 3 desta série você irá aprender mais super dicas para alterar e substituir hábitos ruins.

Compartilhe comigo seus experimentos e quais insights tem descoberto no seu laboratório!

Sucesso nas suas formulas de hábitos!

Até breve! 🙂

Você encontra outras indicações de leitura para contribuir para seu sucesso pessoal aqui

>> DICAS E RESENHAS DE LIVROS <<

O Poder do Hábito

Sobre a Coach | Website

Minha missão é te inspirar a descobrir seu propósito e ter uma carreira feliz através da conexão com Deus, criatividade, foco e técnicas de coaching.

Se inscreva para receber gratuitamente áudios no seu e-mail com Meditações Bíblicas "Provérbios em 31 dias", artigos e dicas.  

Sua nova vida pode começar agora!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários