A armadilha da auto sabotagem na conquista de seus objetivos

Você sabe o que é auto sabotagem?

imaginequantopoderiaterfeito

Já faz algum tempo que tenho estudado o tema da auto sabotagem emocional e o quanto isso impede a conquista de metas e objetivos, principalmente quando esta conquista se sustenta em mudança de comportamentos.

Se eu fizer esta pergunta numa enquete provavelmente as respostas serão parecidas como:

  • “A própria pessoa se prejudicando.”
  • “Você tenta mudar e se perde, perde a motivação e não muda nada.”
  • “Medo do novo.”
  • “Você até quer, mas não consegue sair da zona de conforto.”
  • “Tento ser ousado, mas não consigo.”

Qual a melhor maneira de identificar a auto-sabotagem e eliminar esta armadilha?

Fica mais fácil entender pensando em como ela ocorre: quando temos uma meta/objetivo e entramos em ação, temos progressos, mas no meio do caminho algo acontece e nem percebemos e acabamos por destruir nosso objetivo por algum comportamento ruim com nós mesmos. É uma armadilha inconsciente, algo que te engana, você não identifica e não percebe, por isso permanece no seu comportamento e cai na sua própria armadilha outras vezes, isso se repete formando um ciclo de auto sabotagem.

O que caracteriza a auto sabotagem?

Vamos ver algumas características para facilitar a identificação:

  1. Crítico interno: Sabe aquela vozinha negativa dentro da sua mente te criticando? Nada está bom o suficiente, você nunca esta satisfeito, está sempre frustrado com seus resultados.
  2. Perfeccionista: Você exige uma perfeição consigo e com os outros, uma excelência ao extremo, você espera tudo perfeito, as condições perfeitas para iniciar suas ações e como no mundo real nem tudo é perfeito você nunca entra em ação.
  3. Não sabe dizer não: Você se coloca como amigo e até para ser aceito você age sempre em prol de ajudar, mas acaba se negando, abrindo mão de seus objetivos, você destrói de alguma forma seus próprios objetivos para dizer sim para alguém mesmo querendo dizer não.
  4. Executor ao extremo: Se não está trabalhando, agindo, executando, então não se sente satisfeito, o que leva ao desequilíbrio, não há tempo para o pessoal, corre o risco de se tornar um workaholic.
  5. Entrar no papel de Vitima: não assume a auto responsabilidade, a culpa por tudo que ocorre de errado com você é sempre do outro.
  6. Medo do Sucesso: quer ter sucesso, mas associa o sucesso a algo negativo como sacrifício da sua vida pessoal em função da profissional ou até com o pensamento negativo e irreal de que todo rico é desonesto. Se você acredita que o sucesso é só para quem se sacrifica ou só é rico de forma desonesta mesmo que inconscientemente você não vai procurar ter sucesso, pois isso é ruim para você e você não quer ser desonesto.
  7. Medo do Fracasso: tem medo de se expor a uma falha. O medo de não conseguir está relacionado a não tolerar uma falha e por isso se bloqueia e muitas vezes nem ao menos tenta.
  8. Procrastinação: as ações que me fazem alcançar os objetivos são sempre adiadas, sempre deixadas para depois, para amanha. No fundo a procrastinação está relacionada aos nossos medos (medo do novo, da critica, do sucesso, do fracasso).

A auto sabotagem fica disfarçada como uma armadilha camuflada no caminho das suas conquistas

Você já deve estar trazendo a sua mente alguns desses tipos de auto sabotagem, vou descrever alguns exemplos de como esta armadilha fica oculta no comportamento de alguém:

  • Estudante que esta se preparando para o vestibular, estuda o ano todo, passa horas em cima dos livros, e quando chega o dia da prova trava e dá um branco total, ou até perde o horário da prova e volta a viver o ciclo de estudos novamente, mesmo tendo o conhecimento.
  • Profissional que está investindo em sua carreira e se candidata a um processo de seleção, está focado em conquistar aquela vaga dos sonhos, se dedica a isso, participa de todas as etapas, vai bem, ganha destaque e chega na ultima fase, na entrevista com o diretor da organização, e neste momento este profissional tem algum comportamento que o desclassifica, mesmo que inconsciente, ele se auto sabota.

Por que isso ocorre? Por que a pessoa caiu na armadilha da auto sabotagem?

Um pressuposto da PNL explica isso, todo comportamento tem uma intenção positiva, neste caso na auto sabotagem inconscientemente a pessoa está querendo se proteger de algo. E se formos mais a fundo iremos identificar também que a pessoa não acredita de fato no seu potencial. E você se torna no que acredita, isso tem a haver com o seu sendo de identidade.

A ficha cai de que nos sabotamos só depois que ocorre, e aí o estrago já foi feito você já caiu na armadilha! Isso quando temos a consciência, porque muitas vezes se repete como num ciclo por diversas vezes e a pessoa não entende porque apesar de tentar ela não consegue atingir seus objetivos.

Porque tem uma parte minha que não quer que aquilo que desejo realmente aconteça?

Do que é que você está se protegendo? De que forma que você se sabota?  Qual é o gatilho deste comportamento?

Já percebeu que a auto sabotagem se caracteriza por comportamentos repetitivos? Complexo isso né?

Ciclo da sabotagem emocional

Vamos conhecer o ciclo da sabotagem emocional, a figura abaixo foi extraída do vídeo do programa de TV “Sem Tabus”, explicado pela psicóloga Kedma Nascimento em entrevista concedida para a apresentadora Darleide Alves, deixei o link do vídeo no final do artigo.

 

ciclo autosabotagem emocional

Emoções negativas

Este ciclo é composto por emoções negativas e tóxicas que te envenenam, te sabotam:

  • Medo: o maior medo do ser humano é medo de perder o que nunca se teve.
  • Perda: todo medo é medo de perder.
  • Culpa: é do tamanho do medo que tenho e da perda que tive.
  • Raiva: gerada pela culpa. Que se projeta para fora.

Estas emoções são geradas pela forma de pensar, os pensamentos negativos geram as emoções negativas, e as emoções negativas vão gerar os comportamentos negativos.

Por isso a solução para escapar desse ciclo é refletir sobre seus pensamentos, trazer à consciência os pensamentos negativos que estão alimentando estas emoções tóxicas.

Como escapar dessa armadilha? 

Através da Maturidade!

Este é o processo logico de maturidade de acordo com a psicóloga Kédma Nascimento, que ocorrem no decorrer do tempo:

  • Instante do ver ou contato (consciência)
  • Tempo de compreensão
  • E por fim o momento de conclusão (quando a ficha cai).

Dicas práticas para você escapar da armadilha das emoções negativas

Para que o processo de maturidade ocorra ela indica algumas saídas:

  • Investir em autoconhecimento;
  • Conhecer e explorar seus pontos fortes;
  • Reconhecer e se conscientizar de seus pontos fracos e se determinar a mudar o que realmente vai te favorecer;
  • Capacidade de celebrar pequenas conquistas, de rir de si mesmo;
  • Investir em maturidade e desenvolvimento de inteligência emocional, sendo que a Inteligência emocional tem 5 componentes: Auto consciência, Auto controle, Motivação, Inteligência interpessoal, Inteligência intrapessoal (empatia).

Reflita

Se você já trouxe essa consciência de que entrou no ciclo da auto sabotagem, agora responda a si mesmo:

  • O que estou sentindo neste momento? Reconhecer qual a emoção negativa e a fase do ciclo.
  • Por que estou sentindo isso? Qual a intenção positiva dessa minha atitude? Estou tentando me proteger de algo?
  • O que irei fazer com isso? Planejar a solução, o escape, como sair do ciclo.
  • Quem eu quero ser de agora em diante?
  • Como posso me conhecer melhor?
  • Como posso explorar mais meu potencial hoje?
  • Como posso estabelecer uma nova estratégia para alcançar meus objetivos?

Se entendermos que a emoção que causa desconforto não é da situação que estamos vivendo, e sim dos nossos pensamentos nós já avançamos na jornada para sermos uma melhor versão de nós mesmos, uma versão mais livre para viver todo potencial escondido atrás do medo.

Por que continuar sendo a mesma pessoa se você pode ser muito melhor?

E para te ajudar a evitar na prática a auto-sabotagem você vai gostar de assistir  5 vídeos do YouTube que valem por uma sessão de coaching

Material gratuito de coaching cristão para desenvolver inteligencia emocional

Se você quer aprender como vencer medo e ter mais sabedoria aplicando coaching cristão no seu dia a dia se inscreva aqui para receber exercícios gratuitos de coaching cristão no seu e-mail.


Para conhecer mais sobre os temas aqui citados, segue referências dos livros:

Foco           Autor: Daniel Goleman  Editora: Objetiva; Edição: 1ª (10 de janeiro de 2014)

Inteligência Emocional Autor: Daniel Goleman Editora: Objetiva (18 de abril de 1997)

O Ciclo da Auto-Sabotagem Autores: Stanley Rosner e Patricia Hermes Editora: Best Seller

Inteligência Positiva Autor: Shirzad Chamine Editora: Fontanar; Edição: 1ª (1 de abril de 2013)

Vídeo O Ciclo da Sabotagem Emocional – Sem Tabuspublicado em 12/01/2015, exibido em 15/10/2014.

Sobre a Coach | Website

Minha missão é te inspirar a descobrir seu propósito e ter uma carreira feliz através da conexão com Deus, criatividade, foco e técnicas de coaching.

Se inscreva para receber gratuitamente áudios com Meditações Bíblicas "Provérbios em 31 dias", artigos e dicas.  Experimente o Coaching Cristão para uma vida plena, carreira feliz e com propósito!

Sua nova vida pode começar agora!

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. Beth disse:

    muito bom este artigo!!!!